Valência: um rio-jardim que nos leva às artes

Na crónica anterior contamos as nossas aventuras pela zona histórica de Valência. Nesta, pretendemos ilustrar a experiência extraordinária de percorrer um jardim com nome de Rio – Jardín de Turia – que  é um parque que se espreguiça por cerca de nove quilómetros, construído onde era o rio Túria, que foi desviado para fora da cidade em 1957, devido às grandes enchentes. É mesmo extraordinário. Um jardim que, como numa passerelle onde desfilamos vaidosos/as, cruza toda a cidade, desde o Bioparc (que não tivemos ocasião de visitar) até à Cidade das Artes e das Ciências. No fim, apresenta-nos o mar.
Jardín de Turia é, hoje, o maior jardim urbano da Espanha. Um Gulliver em terras de Lilliput. Kilómetros de jardins e parques onde as famílias passeiam, os casais namoram, os amigos encontram-se e divertem-se, e pessoas sozinhas deitam-se na relva a ler ou a apanhar sol. Ao longo desses kilómetros, foram construídos playgrounds, polidesportivos, campos para desportos diversos, pistas e circuitos para bicicletas e para runners. As pontes continuam lá para dar ainda mais charme, desde as mais antigas às mais modernas.
Fizemos o parque a pé, mas um passeio de bicicleta teria sido perfeito.

thumb_IMG_8499_1024

Chegamos à Cidade das Artes e das Ciências e não podemos esconder o fascínio que sentimos quando entramos no seu complexo arquitetónico, feito de construções peculiares de desenho singular, pensadas ao pormenor por Santiago Calatrava e Félix Candela. O complexo começou a ser construído em 1991 e tinha como grande objetivo promover o conhecimento das ciências, da natureza e das artes. Está instalado na antiga foz do rio Túria, entre o centro da cidade e o porto. É memorável. Vidro, aço, cerâmica branca e azul, enormes espelhos de água, recriam uma cidade do futuro.

thumb_IMG_8565_1024

A cidade das Artes e das Ciências é uma visita obrigatória. Reserve um dia inteiro. Pode parecer muito tempo, mas não é. O seu complexo compreende o Museo de las Ciencias, com três andares de um museu de ciência interativo. O Hemisfèricum olho gigante, com uma grande sala de projeções num ecrã de 900 m2.  Escolhemos uma das últimas sessões e fomos ver o filme America Wild: National Parks Adventure. Que experiência fantástica. Queria Santiago Calatrava que este espaço simbolizasse a observação do mundo. Conseguiu! Umbracle que é um jardim de plantas aromáticas, com 17 500 m2, coberto por uma fabulosa arcada. O L’Àgorauma enorme praça coberta destinada a eventos, que na altura da visita estava em obras. O Oceanogràfic que conta com 500 espécies marítimas divididas em ambientes distintos no planeta. E o Palau de les Arts que é destinado a congressos e a espetáculos como ópera e bailado.

Claro que tem sempre a opção de apenas passear pelos seus jardins, uma vez que a entrada nos espaço não fica barata, mas vale bem a pena a visita e o tempo despendido. Aproveitamos os jardins para almoçar e descansar. Era Outubro, mas o tempo estava quente, e o sol convidava a permanências na sombra.

Memorável e inesquecível, são as palavras que definem esta visita.

thumb_IMG_8663_1024

thumb_IMG_8707_1024

Estava quente. O dia pedia passeio à beira mar. Apanhamos o metro e rumamos até ao litoral, à tão falada praia de Malva-rosa. Uma praia com uma luz imensa, uma grande extensão de areal, servida de um complexo de bares e restaurantes que nos mostram que no verão a palavra de ordem é animação. Dali caminhamos pela Marina de Valência. Uma outra paisagem, mais moderna, onde a criatividade, a cultura e o empreendedorismo se expressam através da náutica e do desporto.

 

Valência será certamente para regressar. Afinal, nela, encontramos um pouco de tudo aquilo que gostamos numa cidade.

 


calendar-icon Visita realizada em Outubro de 2017
link-symbol_icon-icons.com_56927 Veja também:

4 comentários Adicione o seu

  1. Manuela Duarte disse:

    Adorei viajar por aí convosco. O tempo que permaneci em Valência não deu para ver quase nada.

    Curtir

    1. Que bom!!! Que continues a viajar connosco… prometemos uma viagem pela escrita e pela fotografia.

      Curtir

  2. Vanessa disse:

    Magnifique encore. Profitez bien, les photos sont ouf.

    Curtir

    1. Merci Vanessa…ça nous fait telement plaisir..il faut continuer a voyager avec nous…

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s