“O que é que nos leva a um lugar?”: a nossa experiência por terras de Melgaço

A convite do Município de Melgaço, juntamo-nos ao grupo de bloggers, jornalistas e profissionais de turismo, portugueses e espanhóis, que participaram na Fam Trip da 3.º Edição da Pegada Zero – Jornadas de Turismo de Natureza, em maio passado. Dois dias de visita ao município que se assume como o Destino de Natureza Mais Radical de Portugal. E aqui entre nós, merecem bem o título! Foram dois dias de partilhas e pura diversão. Conhecemos pessoas fantásticas e inspiradoras, cheias de alegria, boa disposição e experiências únicas, com quem aprendemos imenso.

O dia acordou chuvoso. A natureza no seu melhor… irreverente… como é Melgaço, o concelho mais a norte de Portugal. Terra de fronteira, raiana até ao tutano, é rica em tradições, património e lendas. Reconhecida pela gastronomia, pelo fumeiro e pelo vinho Alvarinho, Melgaço é festeiro. O potencial intrínseco de Melgaço está na Natureza e na genuinidade e hospitalidade das suas gentes. É uma terra que celebra a vida, e quando lá vamos  “há uma incomensurável exultação e prazer que nos enche a alma”. É sobre isso que vos queremos falar nesta crónica, sobre o que vimos, vivemos e sentimos na nossa passagem pelo concelho, deixando dicas de visita e contactos caso queiram por lá passar e tornar a vossa experiência tão interessante como foi a nossa.

“O que é que nos leva a um lugar?”
Vá pensando…

DIA 1

O dia começou com a apresentação das empresas de animação que nos falaram sobre como “fazer coisas com paixão”. O encontro foi na Porta de Lamas de Mouro. Sabia que o Parque Nacional da Peneda-Gerês tem cinco Portas – Lamas de Mouro, Mezio, Lindoso, Campo do Gerês e Montalegre –  e que cada porta tem um tema? O de Lamas de Mouro é “Ordenamento do território” e, por isso, têm uma exposição permanente sobre o contexto histórico e geográfico desta área, bem como sobre as especificidades naturais e culturais do território de Melgaço e da emblemática freguesia de Castro Laboreiro.
Vale bem a visita.

IMG_2664 copie
Porta PNPG de Lamas de Mouro – as portas são estruturas de receção ao visitante e estão localizadas nas principais entradas da área protegida.

Após a apresentação, divertida e bem disposta, começaram as atividades.

Atividade 1 | Canyoning
Descrição: O Canyoning é uma atividade que consiste numa caminhada, ao longo de um rio (parte dele), transpondo os obstáculos naturais que vão surgindo. Éramos quase todos iniciantes na prática e, por isso, a proposta era um “star canyoning”, um percurso menos exigente e mais lúdico, com possibilidade de fazer rapel, saltos para a água, e tobogãs (escorregas naturais), para os mais corajosos 🙂 Equipados a preceito, rumamos à nossa aventura. Entre quedas, escorregões e muitas gargalhadas esta é uma ótima atividade para reforçar a união e o espírito de entreajuda. Os monitores da Montes Laboreiro, com o seu conhecimento, treino e boa disposição, fizeram desta experiência um momento inesquecível.
Local de realização: Rio Varziela em Castro Laboreiro
Empresa: Montes de Laboreiro
+ info

IMG_2731 copie

Almoçamos no Miradouro do Castelo, um restaurante que tem uma sala panorâmica com vista para o Castelo de Castro Laboreiro e que nos serviu uma das suas especialidades,  cabrito assado no forno, regado a vinho da casa.

IMG_2764 copie

Atividade 2 | Visita guiada e interpretada por Castro Laboreiro
Descrição: A chuva caía teimosamente, mas nada deteve a Sónia e o António, os responsáveis da Just Natur, de nos levar nessa visita guiada por Castro Laboreiro.  Preparadíssimos para criar ‘programas à medida’ dos seus clientes, transformaram o restaurante Miradouro do Castelo num espaço de natureza. Que comece a visita guiada aos sentidos!! Entre folhas e flores da região em cima da mesa – folha de carvalho, carqueja, tomilho, ortigas, cebolinho entre outras – a Sónia começou por explicar as suas características e utilidades, com o detalhe de quem sabe, enquanto lhes sentíamos a textura e os cheiros. A chuva deu uma trégua, e saímos para um passeio (interpretado) pela vila de Castro Laboreiro. Visitamos o Canil do Cão de Castro Laboreiro – Canil de Montes Laboreiro. Entramos na Igreja Matriz e ouvimos um pouco da sua história e curiosidades. Visitamos  a casa típica castreja e o Núcleo Museológico, que conta aspetos da história, das tradições e das vivências do quotidiano de Castro Laboreiro. Subimos em direção ao planalto onde se tem uma vista privilegiado sob a Cascata do Laboreiro. Terminamos a nossa visita como começamos, só que agora degustando alguns dos produtos da região que estivemos antes a conhecer: queijo com ortigas, paté de atum com cebolinho, quiche com fiambre e tomilho, chá de carqueja. “Sem stress, sem regras”, “queremos ficar aqui”, “vamos voltar”… os lemas de trabalho da Just Natur que, no fim desta experiência, fazem todo o sentido.
Local de realização: Castro Laboreiro
Empresa: Just Natur
+ info 

IMG_2830 copie
Igreja Matriz de Castro Laboreiro
IMG_2834 copie
Casa-modelo típica castreja e o Núcleo Museológico
IMG_2890
Vista para a Cascata do Laboreiro
IMG_2906 copie
Degustação de produtos da região, servidos pela Just Natur

À noite, jantamos no Restaurante do Hotel Miracastro, uma outra referência de Castro Laboreiro. Bacalhau com broa e vitela assada no forno foi a ementa. Travessa na mesa e vinho à descrição…  a imagem da hospitalidade nortenha!

A dormida foi no Hotel Castrum Villae, que permite ao visitante apreciar a tranquilidade da região.

IMG_2922 copie

DIA 2

Atividade 3 | Rafting no Rio Minho
Descrição:
Adoramos esta experiência. A descida do Rio Minho foi feita com emoção. Não apenas a emoção da adrenalina dos rápidos, dos remoinhos ou do testar os limites dentro de água, mas a emoção do contacto privilegiado com a natureza, com a sua fauna e flora, e com as pesqueiras (de lampreia, salmão, sável …), cerca de 800, que enformam o Rio. Dentro daquela embarcação, liderada por Anselmo Dantas da Melgaço Radical, remamos com espírito de equipa e divertimo-nos imenso.
Local de Realização: Ponto de encontro no Centro de Estágios de Melgaço. Seguimos de Jipe para as margens do Rio Minho
Empresas: Melgaço Radical + info e Melgaço Whitewater + info
Ver vídeo

IMG_2944 copie

PEGADA ZERO_FAM TRIP 2ß DIA (24)
Fotografia de @fotomelgaço
PEGADA ZERO_FAM TRIP 2ß DIA (20)
Fotografia de @fotomelgaço

Atividade 4 |Visita às Termas de Melgaço
Descrição:
Espanto, foi a nossa reação quando chegamos ao Parque Termal do Peso, um complexo que compreende os jardins, o edifício envidraçado da Fonte Termal e o Balneário das Termas que tem piscinas dinâmicas e gabinetes para massagem e tratamentos com as águas termais. Tranquilidade e harmonia é o que sentimos quando chegamos a este lugar. Visitamos um pouco de todos os espaços. O almoço volante foi servido no edifício da Fonte Principal, um espaço de beleza única com os seus vitrais coloridos, onde está o Buvete construído em 1909. Em tempos idos, este era um local de convívio e de encontro, onde as pessoas se reuniam para beber as águas terapêuticas. Tomamos um café e bebemos Águas de Melgaço no Bar das Termas, que se “esconde” dentro do Parque. E, por fim, visitamos o Balneário que está a ser gerido, desde junho 2017, por um grupo privado. Com o slogan Vida em Pleno pretendem que as Termas de Melgaço voltem a ter o protagonismo e o glamour de outrora. Parece que vão no bom caminho!
Local de realização: Parque do Peso – Paderne, Melgaço
+ info 

IMG_2971 copieIMG_2949 copie

IMG_2960 copie
Almoço volante servido por Godbyedrink
PEGADA ZERO_FAM TRIP 2ß DIA (112)
Fotografia de @fotomelgaço

IMG_2977 copie


Atividade 5 |Visita ao Centro Hípico de Melgaço
Descrição: Em funcionamento desde 2011,  o Centro Hípico de Melgaço é um projeto da Câmara Municipal de Melgaço em colaboração com a APPACDM – Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental. Dedica-se ao ensino da equitação, serviço de hipoterapia, e ensino de cavalos.  A visita foi guiada. O cavalo é de uma elegância ímpar. Do cavalo andaluz, ao appaloosa, passando pelo cavalo lusitano ou o cavalo árabe, todos diferentes, todos belos à sua maneira.
Local de realização: Melgaço
Empresa: Centro Hípico de Melgaço

Atividade 6 |Visita à Queijaria Prados de Melgaço – SPA Cabril
Descrição: 
Música de SPA, escovas de massagem e silêncio num Cabril, com cerca de 400 cabras, são motivos suficientes para criar alguma surpresa. _ “Se o stress afeta a quantidade e a qualidade do leite, e se pretendemos um bom leite, é necessário providenciar o bem estar das cabras”, explicava um dos funcionários que nos recebeu. Sem dúvida, um espaço diferente e que marca a diferença. O grande segredo do sucesso parece estar no facto de produzirem o próprio leite, garantindo, desta forma, a qualidade em todo o processo de produção do queijo. A queijaria Prados de Melgaço tem cinco referências: um queijo fresco para barrar, três curados – onde varia o tempo de cura e o acabamento – e um Camembert de cabra, curado em Vinho Alvarinho.
No final da visita fizemos uma prova dos queijos curados. Para nós ganhou o queijo com pimentão e Alvarinho, cura de 60 dias (que compramos e trouxemos para casa). Um queijo cheio de personalidade, de paladar marcado, daqueles que não se esquece.
Local de realização: Quinta do moinho, Prado, Melgaço
Empresa: Prados de Melgaço
+ info 

IMG_3124 copie


“O que é que nos leva a um lugar?” 
Esta pergunta, feita no primeiro dia, acompanhou-nos durante toda a visita. Se é verdade que Melgaço quer ser o destino de natureza mais radical de Portugal (uma aposta ganha, como já dissemos), ele é muito mais do que isso. Procuras história, património e lendas? Melgaço tem. Procuras boa gastronomia, cultura e festa? Melgaço tem. Procuras natureza, atividades de lazer e wellness, Melgaço tem.
Por vezes, o que não nos leva a um lugar é o desconhecimento. E depois de conhecer Melgaço, o regresso será certo.

 


camera-photo_318-72639 Créditos fotográficos: Carla Cristina @fotomelgaço e Marcelo Andrade
link-symbol_icon-icons.com_56927 Ver também: Castro Laboreiro e os seus tesouros

Mais informações e contactos:
Município de Melgaço
Discover Melgaço

33347192_462278650870814_5283054312337965056_o

1 comentário Adicione o seu

  1. Manuela Vann Duarte disse:

    Mais uma viagem a juntar às muitas que ainda irão fazer.
    Olhem… expressem o que o vosso coração sente, e ponham de parte o que a vossa mente vos faz apenas imaginar.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s