Casas da Li: um conceito “slow” nos Arcos de Valdevez

Na preguiça da piscina, a olhar o vale do Lima, no clima relaxante e intimista de um turismo rural de charme, acompanhado por uma experiência gastronómica ímpar, assim foi o nosso fim de semana nas @Casas da Li 🦎🌿🌳🌹🌼 Do alto (de Padreiro/Santa Cristina) a vista é magnífica.

IMG_8985 copie

Slow… tudo é slow… até o nome do Wifi 🙂

Todo o ambiente que circunda as Casas da Li pede tempo e descontração. Natureza, ruralidade, simplicidade e silêncio, são características intrínsecas do espaço, que nos obrigam a respirar fundo e a andar devagar. E se esse descanso for acompanhado de um chá e bolinhos caseiros? Um mimo da casa que ajudou a aquecer o corpo das inconstâncias do sol, num outono que se impunha. “Fazer com que as pessoas se sintam em casa” é um dos objetivos da Lígia e do Vasco, proprietários das Casas da Li.

IMG_8893 copieIMG_8906 copieIMG_8857 copie

O aconchego dos quartos também é feito de permanências. O nosso, com cheiro a Alfazema e uma cama com almofadas borboletantes e lençóis brancos de algodão, permitiu-nos o descanso de uma semana exigente. Este é apenas um dos cinco quartos disponíveis na Casa, todos eles com uma decoração que dialoga tradição e contemporaneidade. Alfazema, alecrim, chocolate, castanheiro e azul são os seus nomes.

Também na gastronomia é slow, não fosse a Lígia e o Vasco seguidores do movimento “slow food”, uma filosofia que preza pela sociobiodiversidade alimentar, promovendo e protegendo produtos em risco de extinção, acreditando que o alimento deve ser bom, produzido de forma a respeitar o meio ambiente e os preços devem ser justos. A experiência gastronómica é um cartão de visita das Casas da Li. Uma oportunidade única de fazer uma refeição Masterchef  – a Lígia Santos, em 2011, foi vencedora do concurso Masterchef Portugal – num ambiente intimista e à tua medida. Sabores diferentes, texturas originais, aromas tradicionais… vindos das ervas aromáticas que colhem na hora.

Na sala de jantar, só nós os dois. O ambiente estava perfeito e a ementa era surpresa. Para entrada, um pires de azeite, pão caseiro fatiado e tarteletes de alho francês e outras de alheira. Depois, uma tosta de broa de milho frita, coberta com chouriça de cebola e puré de maçã. Diferente, não é? Como prato principal, o bacalhau à Li, acompanhado de um vinho verde (da região), escolhido pelo Vasco. Para sobremesa, um pão-de-ló com molho de frutos silvestres. Para terminar este dia especial (o aniversário do Marcelo) uma surpresa com gosto a chocolate e uma vela cintilante… cortesia das Casas da Li.

Ficamos por lá, à conversa… o ambiente estava perfeito.

A manhã acordou um pouco nublada, mas a mesa do pequeno almoço era feita de sol. Sentamo-nos lá fora e, sem pressas ou urgências, apreciamos o melhor que a vida nos pode dar.

 

depositphotos_101975072-stock-illustration-location-travel-geo-pin-vector Localização
Casas da Li
Padreiro Sta Cristina
R. de Portelada 160
4970-505 Arcos de Valdevez | Viana do Castelo – Portugal
41º 49’41” N ; 08º 29´08″ W

caderno-de-contatos_318-62400 Contactos para alojamento
info@casasdali.pt | facebook.com/CasasdaLiHotel | 917 412 895  /  918 572 771

Nesse segundo dia, fomos até à cidade dos Arcos de Valdevez (que dista 13,5km). Mas não faltam locais para visitar, a partir daqui. A curta distância, temos Ponte da Barca (13,1Km), Ponte de Lima (18km) ou Paredes de Coura (24,3Km). Logo ali, a Porta do Mezio, uma das entradas para o Parque Nacional da Peneda-Gerês. É tudo uma questão de gosto.
À ida para os Arcos de Valdevez passamos por um bosque, já em território da Paisagem Protegida de Corno do Bico, que nos fascinou. Um bosque vestido de outono, como o descrevemos.

IMG_9021 copie

Nos Arcos de Valdevez, o que visitamos?

IMG_9043 copie
Igreja da Lapa e  Relógio de Água
IMG_9039 copie
Largo da Lapa. Passear pelas ruas da vila
IMG_9084 copie
Ponte dos Arcos, ponte de origem românica reconstruída em 1876
IMG_9089 copie
Monumento que simboliza o Recontro do Vez – O encontro entre os exércitos de D. Afonso Henriques e de Afonso VII de Castela e Leão.
IMG_9095 copie
Passeio beira rio. Final da Etapa 1 e início da Etapa 2 da Ecovia do Vez
IMG_9105 copie
Igreja Matriz dos Arcos
IMG_9126 copie
Casa das Artes
IMG_9131 copie
Praia Fluvial da Valeta
IMG_9069 copie
Almoço no Restaurante A Floresta. Carne Cachena com Arroz de Feijão Tarrestre. Uma especialidade da região.

 


link-symbol_icon-icons.com_56927 Ver também:
Ecovia do Vez: Etapa 2
Ecovia do Vez: Etapa 3
Gerês: do Soajo à Senhora da Peneda

simbolo-interface-de-calendario_318-58183 Visita realizada em outubro de 2018.
camera-photo_318-72639 Fotografia de Marcelo Andrade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s