Crónicas de viagem Europa Itália Mundo Rubricas diversas

Perder-se num Museu, assim é visitar Roma: crónicas de viagem

Não visitamos Roma juntos, mas partilhamos do mesmo sentimentos quando nos perguntam: qual é a melhor forma de conhecer Roma? A resposta é só uma: perdendo-se em Roma. Os mapas servem o destino, não o caminho. Andando pela cidade vamos sendo arrebatados, em cada esquina, pela sumptuosidade dos edifícios, pela profusão das diferentes talhas arquitetónicas, ou pela surpresa dos pequenos detalhes encrustados nas paredes ou no chão. Como dizia Hans Christian Andersen, “Roma é como um livro de fábulas, em cada página encontras-te com um prodígio”.

Quando nos perdemos em Roma, caminhamos pelos 2700 anos de história. Em muitas ruas e praças o tempo parece parar. Suspenso, permite viver as reminiscências da grandeza da Roma imperial. E aqui há visitas que são obrigatórias, porque nos contam a História, cheia de histórias de amor e crueldade, de luta e coragem.

Como podemos perder a grandiosidade e a imponência do Colosseo, do Foro Romano (e demais fóruns espalhados pela cidade) e do Palatino, símbolos do Império Romano? Mergulhamos na Era de Nero, Júlio César, Calígula ou Cómodo… imergimos no tempo dos gladiadores.

20170213_111506

Como não ver a monumentalidade do Pantheon, uma das obras-primas da arquitetura italiana e um dos edifício melhor preservado da Antiga Roma? Ou não se encantar com as fontes, que são um hino à água e à vida? Fontes maiores do que praças, tal é a sua majestade. Basta ver a Fontana dei Quattro Fiumi na Piazza Navona  ou a Fontana di Trevi, encaixada num cantinho, onde não sobra espaço para ter esta fonte monumental.

20170213_11332520170213_112652

Respiramos fundo.

Será possível não sentir o coração apressar-se quando entramos nas grandes praças, como a Piazza del Popolo, a Piazza di Spagna ou a Piazza Venezia , onde se intersetam as grandes artérias da cidade, numa espécie de local de encontro dos pontos cardinais? Destaco a Piazza Venezia, para mim a praça que figura o beijo dos tempos históricos que coexistem em Roma, do relicário da Via dei Fori Imperialie ao cosmopolitismo da Via del Corso.

20170213_114925

E a sobrançaria do Castel Sant’Angelo? Que se impõe altivo nas margens do Rio Tibre, dono de si só desde o ano 139 . Como lhe ficar indiferente? Ficamos em silêncio por uns momentos…. até porque do terraço superior do Castel Sant’Angelo temos uma vista única sobre a Basílica di San Pietro, na cidade do Vaticano. Não há como não olhar, sentindo a proteção do Arcanjo Miguel, simbolizado numa estátua que coroa o edifício.

20170213_104908

Uma visita aos Museus do Vaticano, à Capela Sistina ou à Basílica é uma ode à contemplação dos céus. O que tem de opulência e sumptuosidade, tem de carisma e comoção. O que tem de edificação e história tem de crença e fé. Cada um/a escolherá o que pesa mais enquanto pisa o solo sagrado.

20170213_105716

Visitar Roma é perder-se num Museu. Sem clichés, é uma verdade incontornável! Mas o que pode tornar uma verdade incontornável num momento (in)esquecível? Saint-Exupéry diria que “foi o tempo que (lhe) dedicaste”. Não poderia concordar mais. Quando dedicamos tempo conseguimos ouvir os batimentos da cidade. Ela nos leva no seu ritmo, encantando-nos ou decepcionando-nos… mas não é tudo parte do mesmo enamoramento?

Roma foi feita para ser calcorreada…Passear pelos bairros típicos, como o Bairro Trastevere, que nos conquista com o seu ar boémio, mas tranquilo, e nos faz andar pelas suas ruas calcetadas e becos simpáticos, cheios de vida, avizinhadas por pequenas igrejas, fontes e imagens medievais. Visitar os jardins da Villa Borghese, que são uma combinação perfeita entre a natureza e a arte de Roma. Não interessa se a caminhada é feita a pé, de segway, de bicicleta ou de patins em linha… o que interessa é que se vá! Caminhar pelas margens do Rio Tibre, cosendo as suas margens ao cruzar as inúmeras pontes. Belas, como se querem, grandiosas como se espera. Como são lindas as cidades com rio dentro! Andar pelas ruas comerciais, como a Via del Babuíno, Via della Croce, Via Condutti,  feitas de charme e de gente bonita,  com o luxo a cada esquina, onde só as carteiras mais destemidas podem entrar.

É neste tempo que dedicamos à cidade e aos seus ritmos que construímos a nossa história com ela. Quando a viagem a Roma fizer memória, estou certa que será aquele chá quente, ao pôr do sol de um dia de inverno, com vista para a Basílica de São Pedro, que me fará recordar o Castel Sant’Angelo e todos os monumentos históricos que ele simbolizaOu o cappuccino que tomei num bar-biblioteca de uma qualquer rua de Roma, que me trará a imagem das suas gentes e da sua cultura. Ou a pasta, a pizza e os gelados, me fará lembrar da gastronomia italiana que é maravilhosa. Que será a lembrança dos dois padres de batina preta a correr pelo Vaticano fora, como num qualquer livro de Dan Brown, que me transportará para Praça de São Pedro e para os mistérios e segredos que Roma parece esconder.

received_1728403803840283

Roma tem história (por) dentro, o que faz dela La Città Eterna, difícil de rivalizar.


simbolo-interface-de-calendario_318-58183 Visita realizada em fevereiro 2017

imagem1 Acompanhe-nos também nas Redes Sociais Facebook | Instagram

 Se usar este link para fazer o seu seguro de viagem IATI, usufrui de 5% de desconto

1 comentário em “Perder-se num Museu, assim é visitar Roma: crónicas de viagem

  1. Reconheci alguns lugares aqui mostrados. Roma é realmente imponente. Toda a história por detrás da arquitetura, que depois de tantos séculos se mantém, mostrando que tudo aquilo existiu, deixa-nos uma sensação de ter passado a outra dimensão.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: