Image Alt

Caminho Português de Santiago Interior: guia prático

Este artigo pretende apresentar informações úteis sobre Caminho Português de Santiago Interior apresentando as suas etapas, os pontos de interesse e os desafios.

Quem nos conhece sabe o quanto gostamos do Caminho de Santiago e, quando surgiu a oportunidade de ir descobrir um outro caminho, menos conhecido, menos pisado, levantamos imediatamente a mão e dissemos presente. E assim integramos um grupo de dez bloggers da ABVP – Associação de Blogs de Viagem Portugueses, a convite dos vários municípios que compõem o Caminho Português de Santiago Interior (Viseu, Castro Daire, Lamego, Peso da Régua, Santa Marta de Penaguião, Vila Real, Vila Pouca de Aguiar, e Chaves) para fazer o reconhecimento do Caminho.

Não sendo possível uma descrição pormenorizada das etapas, uma vez que não nos foi possível realizá-las na totalidade, deixamos o nosso testemunho com base nos momentos que percorremos no caminho, nas informações disponibilizadas pelos municípios e nas várias pesquisas que fomos fazendo. Toda a informação constante neste artigo refere-se ao que existia à data da visita e as Etapas que são apresentadas refletem aquilo que é a proposta oficial do Caminho Português de Santiago Interior.

camino

CONTEÚDOS DO ARTIGO

1. O Caminho
2. O Alojamento
3. As Etapas

4. Contactos e mais informações

1. o caminho

O Caminho Português de Santiago Interior estende-se por 214 km, em território português, atravessando oito municípios. Começa em Viseu, passa por Castro Daire, Lamego, Peso da Régua, Santa Marta de Penaguião, Vila Real, Vila Pouca de Aguiar, e termina em Chaves. Mas como há sempre Caminho, atravessando a fronteira em Vilarelho da Raia em direção a Verin, ele junta-se à tão conhecida Via da Prata, uma das antigas rotas Romanas vindas do sul de Espanha, e percorre mais 182 Km até alcançar Santiago de Compostela. São 387 km no total de contacto com um legado patrimonial de inegável valor e beleza.

🍀 Desabafos
Quem já fez o Caminho de Santiago sabe que o mais importante não é o destino, mas o caminho. Não interessa fazê-lo a correr, com pressa, porque o destino, esse, estará sempre lá, mas o que encontras no caminho é único. A cor das paisagens que muda de estação em estação, as pessoas que se cruzam contigo e que se eternizam na tua memória, o silêncio de fora que se aloja dentro, o vento que, naquele preciso momento, te trouxe lembranças de infância ou a chuva que traz o cheiro da terra. Portas que se abrem, mãos que se estendem, sorrisos cúmplices que se compartilham. Gratidão é o sentimento. O melhor do Caminho é o que encontramos nele e neste Caminho Português de Santiago Interior és assoberbado de uma natureza que te nutre e que te ensina que a interioridade não é sinónimo de isolamento, mas a qualidade do que vem de dentro.

camino

2. o alojamento

Os albergues do Caminho Português de Santiago do Interior ainda não estão completamente prontos em alguns pontos (cf. Ponto 3 – Sobre as Etapas). Como forma de suprimir essa lacuna, nasceu o Selo de Hospitalidade Jacobeia. Um selo que é atribuído a outra tipologia de alojamentos e que dá ao/à peregrino/a descontos e cuidados especiais.

Uma das características interessantes dos albergues que encontramos neste Caminho é serem antigas escolas primárias e/ ou outros edifícios parados no tempo. Isso aproxima, ainda mais, o/a peregrino/a das localidades e da população.

Contudo, há uma diversidade grande de tipos de alojamento, independentemente do alojamento escolhido, recomenda-se a reserva prévia uma vez que cada alojamento/ albergue tem diferentes formas de proceder.

camino

3. as etapas

albergues

Etapa 1

  • Albergue de Farminhão (+351 914157529)
  • Albergue de Fontelo (+351 938052322/ 966569600)

Etapa 2

  • Albergue de Almargem (+351 962836335)

(ver aqui mais informações)

Informações úteis

✔️ Estas duas Etapas percorrem o concelho de Viseu.

✔️ Oficialmente a Etapa 1 começa em Farminhão e acaba na cidade de Viseu. Mas há quem opte por começar a etapa na Sé Catedral de Viseu, por ser mais prático ao nível dos transportes.

✔️ Pontos de interesse: Destaca-se a riqueza das paisagens florestais, agrícolas e as zonas ribeirinhas. Irá encontrar exemplares do património histórico, arqueológico e cultural da região como as Alminhas, Capelas, Igrejas, Estradas e Vias Romanas. O Centro Histórico de Viseu é de visita obrigatória, com destaque para a Catedral e as suas janelas renascentistas e manuelinas, Igreja da Misericórdia, o Museu Grão-Vasco, os painéis de azulejos do Rossio e a street art que se espalha pela cidade.

✔️ Pontos mais difíceis: Descidas em Soutulho (Farminhão – Viseu) e na estrada romana de Pousa Maria (Viseu – Almargem).

É um caminho de reflexão, desafio e superação

@cpisantiago.org

albergues

Etapa 3

  • Albergue de Ribolhos (+351 933942763)

Etapa 4

  •  Albergue de Moura Morta (+351 933942763). Irá abrir brevemente ao público.
  • À data da visita não havia Albergue em Bigorne, que é ponto de chegada da Etapa 4. O/A peregrino/a terá de procurar outras alternativas de alojamento.

(ver aqui mais informações)

Informações úteis

✔️ As Etapas 3 e 4 percorrem maioritariamente o concelho de Castro Daire que, pela sua localização geográfica, oferece-nos um precioso cenário natural que resulta da conjugação feliz entre o planalto por onde passa o rio Paiva e a Serra de Montemuro.

✔️ Pontos de interesse: Pelourinho de Mões; Igreja de S. Pedro (Mões); Capela de Santiago (Baltar); Capela de Santiago (Moura Morta); Poldras na travessia do rio Paiva; Praia fluvial de Folgosa; Provar o Bolo Podre (doce típico da região de Castro Daire).
✔️ Pontos mais difíceis: Escalada acidentada desde a ribeira de Cabrum até Vila Meã (Etapa 3)

Em qualquer aventura,
O que importa é partir, não é chegar

Miguel Torga
albergues

Etapa 5

  • O albergue de Lamego ainda não se encontra em funcionamento, mas ficará localizado na escola de Magueijinha, na freguesia de Magueija. O Centro de Estágios do complexo desportivo tem acolhido, neste momento, os peregrinos (+351 254619403, +351 254090242).
  • A Muralha Charm House, em Lamego, tem Selo de Hospitalidade

Etapa 6

  • Albergue de Bertelo (+351 259969115)

(ver aqui mais informações)

Informações úteis

✔️As Etapas 5 e 6 passam por três concelhos: Lamego, Peso da Régua e Santa Marta de Penaguião. Lamego é a porta de entrada para a região do Alto Douro Vinhateiro, Património Mundial da Humanidade da UNESCO desde 2001. O que significa isso? Que as paisagens vão ser monumentais, entre o vale do rio Douro, feito de encostas íngremes, e os socalcos com o cultivo da vinha.

✔️ Pontos de interesse: Em Lamego, visite o Santuário de Nossa Senhora dos Remédios, a Catedral de Lamego, o Museu de Lamego, o Teatro Ribeiro Conceição (que dizem que foi inspirado no La Scala de Milão), o Parque Biológico de Lamego e as Caves Raposeira. No Peso da Régua, a ponte pedestre, o Museu do Douro e Casa do Douro. Em Santa Marta de Penaguião não perca a paisagem do Douro Vinhateiro e a Igreja de São João de Lobrigos.

Curiosidades:
– Em Lamego há um dos Carnavais portugueses mais tradicionais: Entrudo de Lazarim.
– Santa Marta de Penaguião integra a célebre Estrada Nacional 2 (N2), a mais extensa estrada portuguesa, que soma 739,26 quilómetros, ligando a cidade de Chaves, em Trás-os-Montes, à cidade de Faro, no Algarve. É a única na Europa que atravessa o país em toda a sua longitude.

✔️ Pontos mais difíceis: Dificuldade acrescida de Peso da Régua a Santa Marta de Penaguião, devido à inclinação acentuada do percurso de montanha (Etapa 6)

.

albergues

Etapa 7

  • Neste momento não existem albergues, mas há escolha de outro tipo de alojamentos.

Etapa 8

  • Albergue de Parada de Aguiar (+351 259417030, + 351 966242586). Este albergue está equipado com cozinha, mas não existe qualquer loja de conveniência nas imediações. Deverá fazer compras na aldeia de Tourencinho (6 km antes).

(ver aqui mais informações)

Informações úteis

✔️ As Etapas 7 e 8 passam por três concelhos: Santa Marta de Penaguião, Vila Real e Vila Pouca de Aguiar. O território é caracterizado por dois tipos de paisagem: a zona montanhosa, com as serras do Marão e do Alvão, separadas pelo vale da Campeã, e a zona a sul, junto ao Douro, onde as montanhas são marcadas com vinhas tradicionais.

✔️ Pontos de interesse: Em Vila Real pode visitar o Palácio de São Mateus, onde é produzido o tão conhecido Vinho Matheus Rosé (embora fique fora da cidade, visite se tiver oportunidade); Museu da Vila Velha; Percorrer um dos mais recentes passadiços da Cidade – Passadiços do Corgo; Igreja de São Domingos, conhecida como a Sé de Vila Real; Capela de São Brás (é o palco da festividade dos “Pitos e Ganchas”). Prove as Cristas de galo (doce) e os covilhetes (salgado) que são iguarias típicas de Vila Real; Vila Pouca de Aguiar: Aldeia da Gralheira; Capela de São Gonçalo (Zimão).

Curiosidade: Em Vila Real a 13 de dezembro é dia de Santa Luzia e corre a tradição dos “Pitos e ganchas”. Neste dia, as raparigas oferecem o pito aos rapazes, um bolo com recheio de abóbora, e nos dias 2 e 3 de fevereiro, em pleno dia de dia de S. Brás, os rapazes retribuem oferecendo ganchas às meninas, que é um doce de caramelo em forma de bengala.

✔️ Pontos mais difíceis: Em Parada de Cunhos, na aproximação da estrada nacional, e na travessia do Rio Corgo em Vilarinho da Samardã (Etapa 8)

✔️ Na Etapa 8, a sinalética do Caminho foi danificada pelos incêndios do verão de 2022.

🍀 Desabafos
Em 2018 fizemos o Caminho Central Português de Santiago. Foram cerca de 160 Km a pé, divididos em sete etapas. Cada Etapa foi vivida de uma forma muito singular. Quando nos perguntam: _ o que é fazer o Caminho? _ Ele é muito difícil? A nossa resposta tem sido: o Caminho é como a vida, cheio de tudo… e o segredo está em permitir que o caminho passe por nós. Ele é espelho e reflexo de cada um/a, por isso, as experiências serão sempre diferentes. Os nossos problemas e frustrações, a nossa forma de encarar a vida, as nossas alegrias, desejos e sonhos estarão connosco no Caminho, e vão-se revelando… no obstáculo que conseguiste (ou não) superar, na dor que não te larga, na pessoa que surge para te ajudar (e que tu aceitas ou não!), no encantamento pelas coisas simples, na alegria de finalizares uma Etapa, ou no ressoar de alma que tem o cumprimento Bon Camino. Se nós permitirmos, o Caminho pode ser um mestre exímio em lições de superação, sofrimento, partilha, solidariedade, humildade, gratidão e simplicidade. Por isso, só quem faz o Caminho é que sabe o que ele represente, porque, na realidade, Caminho está em nós.

albergues

Etapa 9 e Etapa 10

  • Neste momento não existem albergues, mas há escolha de outro tipo de alojamentos.
  • A Casa do Parente, em Sabroso de Aguiar (260 metros do Caminho) tem Selo de Hospitalidade Jacobeia (Etapa 9)

(ver aqui mais informações)

Informações úteis

✔️ As Etapas 9, 10 e 11 percorrem os concelhos de Vila Pouca de Aguiar e Chaves até à fronteira de Portugal com Espanha. No concelho de Vila Pouca de Aguiar, o caminho percorre o longo e bonito Vale de Aguiar. Como companhia, temos os rios Corgo e Avelames, uma envolvência rural singular e a palavra amiga dos habitantes das aldeias por onde vamos passando, o que faz desta etapa um das mais agradáveis do Caminho Português de Santiago Interior. As águas medicinais são outra das referências do percurso. O Caminho principal começa por atravessar o Parque Termal das Pedras Salgadas. Aproveite para beber as suas águas medicinais e usufruir da beleza do Parque. Se não o fizer nas Pedras Salgadas tem sempre a hipótese de fazer a experiência em Vidago. Entrará em Chaves pela Ponte de Trajano (inaugurada na governação do imperador com o mesmo nome), que ligava esta capital romana a outras capitais a noroeste da península ibérica. De Chaves até à fronteira, o caminho não é muito bonito, mas leva-nos à Via da Prata onde encontramos um outro Caminho de Santiago.

✔️ Pontos de interesse: Vila Pouca de Aguiar : Castelo de Aguiar da Pena , o Albergue de Santiago (Parada do Corgo), a Ponte de Cidadelha (Cidadelha de Aguiar), a Capela de Santiago (Vila Meã), o Parque Termal (Pedras Salgadas). Chaves : Ponte de Trajano; Torre de Menagem; Igreja Matriz; Museu de Arte Contemporânea Nadir Afonso; Museu da Região Flaviense; Termas Romanas Aquae Flaviae .

✔️ Pontos mais difíceis: Não há registos.

Bom Caminho

camino

4. CONTACTOS E MAIS INFORMAÇÕES

Neste Caminho, a Credencial de Peregrino pode ser adquirida em quatro locais, a saber:

– Loja Municipal de Turismo ou no Museu Almeida Moreira, em Viseu

– Sé de Vila Real

– Igreja Matriz de Vila Pouca de Aguiar

– Igreja de Santa Maria Maior (Igreja Matriz), em Chaves.

A aquisição da credencial pode ser antecipada e, para isso, sugerimos que contacte a Associação Espaço Jacobeus – Confraria de São Tiago.

⭐⭐⭐⭐

Esperamos que as nossas sugestões e imagens vos inspirem a ir e ajudem a preparar a viagem.
Sigam as nossas redes sociais e alguma dúvida ou questão, partilhem connosco. Escrevam nos comentários e nós responderemos brevemente.
E já sabem… o importante é IR!

Detalhes
setembro 2022
Marcelo Andrade, do Ir em Viagem
Agradecimentos

Esta blogtrip realizou-se entre os dias 19 e 22 de setembro, no âmbito do programa “Valorizar o Caminho Português de Santiago Interior” organizada pelo agrupamento de Municípios organizadores do CPIS em parceria com a Associação de Bloggers de Viagem Portugueses (ABVP)

Um agradecimento especial aos municípios de Viseu, Castro Daire, Lamego, Peso da Régua, Santa Marta de Penaguião, Vila Real, Vila Pouca de Aguiar e Chaves pela oportunidade e acolhimento tão caloroso.

Planeie a sua viagem

Se fizer a reserva através dos seguintes links, não paga mais por isso e ajuda o Ir em Viagem a continuar as suas viagens

  • Faça um seguro de viagem com a IATI (e ainda recebe 5% de desconto)
  • Encontre o melhor alojamento no Booking. É onde fazemos as nossas reservas.
  • Alugue carro, ao melhor preço, na Discover Cars. Entre e explore.
  • Quer evitar filas? Reserve no GetYourGuide os seus bilhetes para monumentos e tours.

Este post pode ter links afiliados

Comentários

  • 22 de Outubro, 2022

    Belo testemunho, com belos registos fotográficos!

    Responder
    • Vera Duarte
      23 de Outubro, 2022

      Obrigada, foi uma experiência muito boa!

      Responder

Escrever um comentário

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit sed.

Follow us on