Dormir num barco: para quê escolher tecto se podemos ter as estrelas

Tudo soava a maluquice. O destino, o tempo que tínhamos e o desejo por uma experiência diferente. Assim fomos nós, à aventura, como tanto gostamos. Dormir num barco foi a escolha, e não podia ter sido melhor. Para quê escolher tecto se podemos ter as estrelas! (quase dava para inspirar um qualquer livro do Nicholas…

Os “algarves” da minha vida

Desde pequena, o Algarve sempre foi o destino de férias da família. Lembro-me com saudades das viagens… viagens longas, como era a distância! Primeiro de comboio, depois de carro. Viagens inesquecíveis, onde só a criatividade de se ser criança conseguia sobrepor-se a viagens de carro sem ar condicionado pelas nacionais povoadas de um qualquer Agosto,…