Zeneando por Almeida

A Fortaleza de Almeida sempre foi no meu imaginário um desenho feito por um extraterrestre, tão perfeita na sua concessão e tão assustadora no seu alinhamento. Observar a sua amplitude de um bom ângulo é qualquer coisa de espetacular. Ao longe parece ter sido desenhada com régua e esquadro, ao perto a sua beleza provinciana…

Dormir num barco: para quê escolher tecto se podemos ter as estrelas

Tudo soava a maluquice. O destino, o tempo que tínhamos e o desejo por uma experiência diferente. Assim fomos nós, à aventura, como tanto gostamos. Dormir num barco foi a escolha, e não podia ter sido melhor. Para quê escolher tecto se podemos ter as estrelas! (quase dava para inspirar um qualquer livro do Nicholas…

Zeneando por Castelo Mendo

Desde muito nova que os castelos me encantam, não os castelos dos filmes da Disney (passo a publicidade), mas os castelos de outrora, aqueles reais, que acolheram reis e rainhas, príncipes e princesas, aios, bobos da corte, guerreiros, fidalgos e clero, entre muitas outras figuras míticas, tão próximas e tão distantes ao mesmo tempo. Esperamos…

Casa de Chouselas: uma casa pensada com amor

_ Entrem, a porta está (sempre) aberta! Exclamava a D. Olívia, proprietária da Casa de Chouselas. A casa onde não há impossíveis. Idealizada e desenhada na ponta dos dedos pela D. Olívia, esta casa de família, construída entre finais do século XIX e inícios do século XX, é uma jóia beijada pela natureza verde, em todas…

Zeneando por Castelo Rodrigo

Regressamos à nossa rota e à nossa partilha de experiências. Mochila às costas, ténis nos pés e mente desperta. Vamos embarcar num novo destino mas numa mesma História, a nossa História. O mês de Agosto é de Castelo Rodrigo Castelo Rodrigo teve importância no século XIII em consequência do progresso de Reconquista. Conquistada por Afonso…

Zeneando por Trancoso

Ir à descoberta, querer desvendar, procurar locais históricos, naturais e culturais, tudo isto é uma arte. Move-nos o desconhecido, a procura de novos encantos e recantos, a fuga do quotidiano. Acima de tudo move-nos a natureza e a sua plenitude, procuramos ir ao seu encontro contemplando-a. Assim como os nossos amigos do blog Ir em…