Matterhorn: a montanha do “chocolate”

Quem não conhece a montanha que é imagem e embala o famoso chocolate Toblerone? Chama-se Matterhorn e é uma das montanhas mais conhecidas dos Alpes. Está localizada na fronteira entre a Suíça e a Itália, emoldurando a vila suíça (e turística) de Zermatt. É conhecida como Matterhorn (nome alemão), Cervino (nome italiano) e Cervin (nome francês) e o seu cume possui quatro “faces” alinhadas com os pontos cardeais… soa a perfeição.

Uma montanha mística, emblemática e cheia de mitos, alguns deles relacionados com a primeira expedição de escalada ao topo, liderada pelo britânico Edward Whymper, em 14 de julho de 1865. Um sucesso à subida, uma tragédia à descida, que custou a vida de quatro integrantes da expedição. Em tom de curiosidade, a 22 de julho de 1871, Lucy Walker tornou-se a primeira mulher a chegar ao topo do Matterhorn, usando uma longa saia de flanela. Dá para acreditar? Desde aí, não pára de seduzir e atrair alpinistas, escaladores e curiosos/as. Hoje a sua subida é vista como de dificuldade razoável, mas o Matterhorn continua a esconder muitas dificuldades e armadilhas, muitas vezes subestimadas. Até pode ser a montanha do chocolate, mas não é de chocolate!

Fotos 096Imagem 055zermatt 174Imagem 064Fotos 106Imagem 079zermatt 208zermatt 106zermatt 118

 


camera-photo_318-72639 Créditos fotográficos: Marcelo Andrade, 2009

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s