Ecovias, trilhos e passadiços Norte Parque Natural Peneda Gerês Portugal

Gerês: no Trilho da Preguiça, espreguiça-se!

Designação: PR Preguiça
Localização: Freguesia de Vilar da Veiga, Concelho de Terras de Bouro
Distância: 5,5 km. Mas o trilho está subdividido em 3 versões – percurso longo, médio e curto
Tipo de trilho: circular
Ponto de partida e chegada: Casa do Guarda da Preguiça
Duração prevista: 3 horas (percurso completo).
Mapa do percurso: Aqui
Nível de dificuldade: média (o percurso longo); fácil (o médio e o curto).
Características do trilho: Percurso pedestre de pequena rota. Sinalizado. É de caráter natural, com destaque para a ecologia do carvalhal. Passa-se por duas cascatas (Leonte e Laja). Faz-se na proximidade da estrada nacional EN 308 (para nós, um dos pontos mais negativo deste Trilho)

IMG_5508 copie

Não é o trilho mais bonito, nem tem as cascatas mais impactantes. Não tiramos as fotos mais originais, nem vimos as paisagens mais espetaculares, mas tudo isto é o Gerês, no seu esplendor. O Trilho da Preguiça desenvolve-se ao longo da Encosta do Arnado, no Vale de Falha do Rio Gerês.

Eram 9h da manhã e estávamos cheios de energia. O trilho inicia-se junto à Casa do Guarda da Preguiça. Para lá chegar tem de se passar a vila do Gerês, em direção à Portela do Homem. A Casa da Preguiça surge do nosso lado direito. Optamos por fazer o percurso longo e, seguindo as indicações, começamos a penetrar a floresta numa subida exigente. Passamos por zona de pinhal e carvalhal até chegar ao miradouro.

IMG_5501 copieIMG_5435 copie

Adentrar a floresta tem sempre um quê de mistério, por isso, a melhor forma de a percorrer é contemplando-a. A partir daqui, começamos a descer, atravessamos a estrada nacional EN308 em direção à Cascata de Leonte. Até lá chegar passamos pelo Ribeiro da Cantina e pela ponte de madeira sobre o Rio Gerês. Cada uma delas marca os detalhes do percurso.

IMG_5454 copie

Chegamos à Cascata de Leonte. As cascatas são sempre imponentes à sua maneira. Esta tem 872 metros de altitude e é uma das quedas de água mais altas. Não é para banhos, mas a sua beleza está na contemplação da natureza… de uma água que se precipita lá do alto, dando luminosidade à rocha granítica que a circunda. Preguiçamo-nos por lá!

O regresso ao trilho faz-se pelo mesmocaminho. Atenção que temos de voltar para trás até encontrar a sinalética que nos pede para virarmos à direita, em direção à Ribeira da Laja. Voltamos a perder altitude e caminhamos sempre pelo carvalhal. Passamos pelo Curral da Laja e logo chegamos à ponte de madeira que nos apresenta a Cascata da Laja. Ficamos por lá. A natureza pede-nos sempre um pouco de carinho.

IMG_5484 copieIMG_5487

Um pouco mais à frente, almoçamos na fresca do Ribeiro da Laja. O Marcelo ainda deu um mergulho naquelas águas gélidas (só ele!!) e, de barriga cheia, ainda tirámos uma soneca de 10 minutos.

Este trilho faz-se bem numa manhã, o que nos pode reservar mais aventuras para a tarde, caso queiramos ficar pela região. Deixamos algumas sugestões. Se adentrar o Parque Nacional poderá ir até à Cascata do Arado ou à tão conhecida Cascata do Tahiti.  Se for para norte, fazer o caminho até à Portela do Homem e dar um saltinho a Lobios, para experimentar as águas quentes das termas. Para sul visitar a vila do Gerês e, se o tempo convidar, descansar na praia fluvial de Rio Caldo.

240_F_192516477_HrogD8NKzx43EZ4idQFcBqrCmyPKjj8q
Não se esqueça!
TRAGA TODO O LIXO QUE PRODUZIR E PRESERVE A NATUREZA.
Faça (a sua) parte!

 

Ver também:
Gerês: do Soajo à Senhora da Peneda
Gerês: da Cascata Tahiti a Pitões de Júnias

– Fotografia de Marcelo Andrade @iremviagem
– Acompanhe-nos também nas Redes Sociais Facebook | Instagram
– Se usar este link para fazer o seu seguro de viagem IATI, usufrui de 5% de desconto

Somos um casal português que adora viajar. Conhecemo-nos em viagem e partilhamos o mesmo lema: o que interessa é IR, e nesse ir somos sempre mais nós. É neste espírito que nasce o Ir em Viagem, um espaço de partilha das nossas aventuras e experiências em viagem.

0 comentário em “Gerês: no Trilho da Preguiça, espreguiça-se!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: