Ilhas Cíes: as “ilhas dos deuses”

Reza a lenda que Deus escolheu as ilhas Cíes para descansar, depois de criar o mundo. Outras rumorejam estórias de piratas e invasões. Qualquer uma das narrativas nos leva a viajar por tempos remotos e antecipa o misto de beleza e aventura que as ilhas nos reservam. As ilhas Ciés  formam um arquipélago de três ilhas que constituem o Parque Nacional das Ilhas Atlânticas da Galiza (Vigo, Espanha).

Representando a natureza no seu esplendor, as ilhas são também um paraíso de praias de areia branca e fina, e de água cristalina. Não é exagero! A praia de Rodas, a mais conhecida, foi classificada pelo jornal The Guardian, em 2007, como uma das mais belas praias do mundo (talvez, com algum exagero!). Mas há outras, igualmente belas, como a Praia de Figueiras, também conhecida como  a “Praia Nudista” ou a Praia de Nosa Señora,  uma praia muito pequena virada a sul, com uma água verde cristalina. A temperatura que se faz sentir nas ilhas é de “escaldão”, contrabalançando com as águas gélidas do mar! Mas é muito difícil resistir à tentação de um mergulho!

IMG_7995

IMG_8000
Praia de Nosa Señora

IMG_8006

Podes ir sozinho/a ou em grupo, com a família ou com amigos/as. As praias são lindas, mas não vás apenas pela praia! Os segredos de natureza que estas ilhas escondem são para ser descobertos. Para nós, um dia fantástico nas ilhas Ciés faz-se entre trekkings, descansos demorados e banhos de sol. Ao chegar à ilha temos 4 percursos/ trilhos possíveis para fazer. Todos estão devidamente marcados no local e podem ser levantados no Ponto de Informação logo à chegada. Rota do Faro da Porta (5,2 quilómetros de baixa dificuldade), do Alto do Príncipe (3,5 quilómetros), Rota do Monteagudo (5,6 quilómetros) e a caminhada até ao Farol de Cíes (Rota Monte Faro,7,5 quilómetros e dificuldade média). Cada um, há sua maneira, permite-nos momentos de cortar a respiração.

IMG_7993

20863364_2008763489137645_7283200630929987200_o

IMG_20170818_110828098

O percurso faz-se a pé, adentrando a natureza. O som da água está sempre presente. A cada esquina, um miradouro, uma reentrância, um nicho de beleza. Aquele mar… ai aquele mar que mais parece uma piscina de azuis e verdes infinitos… ora azul turquesa, ora verde esmeralda. Mais uma vez as aves dominam e, de forma irremediável, mostram aos visitantes que eles/as são apenas isso: visitantes. Elas são as donas das ilhas. Fazem voos rasantes de quem tem o poder de contemplar, todos os dias, aquela obra-prima.

IMG_7989

Não pernoitamos, mas o único alojamento disponível nas Ilhas é o parque de campismo. Acreditamos que deve ser uma experiência fantástica (a experimentar certamente), mas ir um dia é suficiente, desde que faça a travessia logo pela manhã, e regresse no último ferry-boat. Há locais para comer, mas recomendamos que levem a merenda na mochila. Não só fica mais barato, como nos dá mais liberdade para ir saltitando pela ilha e fazendo paragens ao sabor do vento e da fome.

Se nunca foste às ilhas Cíes, não deixes de ir. Mas é importante não esquecer que a janela temporal para visitar as ilhas é curta. A travessia é feita de barco – ferry boat – que parte de Vigo, Baiona ou Cangas durante os meses de verão (de junho a setembro). Fora dessa época, as viagens são muito esporádicas. Existem três companhias a fazer a travessia (Mar de Ons, Piratas de Nabia, Cruceros Rías Baixas) e os bilhetes podem ser comprados online. Recomendamos que reservem com antecedência, para evitar filas e perdas de tempo. Evitem o mês de Agosto, mas se tiver de ser não hesitem… vão! Afinal, algo que se chama “ilha dos deuses” só pode ser um paraíso!

E assim regressamos, com um por de sol inesquecível, depois de comer unas tapas e beber unas cañas, em Baiona. Roteiro gastronómico indispensável quando se viaja para a terra de nuestros hermanos.

IMG_8029
Baiona

Créditos fotográficos da capa: Revista Volta ao Mundo
Fotografa de Marcelo Andrade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s